Economia, só noticias ruins

Segundo a revista Exame , o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado espécie de sinalizador do Produto Inter...


Segundo a revista Exame, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado espécie de sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB), caiu 0,26 por cento em outubro na comparação com setembro, num resultado inesperado, de acordo com dados dessazonalizados, informou o BC nesta segunda-feira.

Em setembro, o indicador havia subido 0,26 por cento sobre o mês anterior.

Analistas consultados pela Reuters esperavam alta mensal de 0,20 por cento em outubro, de acordo com a mediana das projeções, sendo que a mais baixa delas apontava para variação zero no período.

A atividade econômica brasileira saiu da recessão técnica no terceiro trimestre, porém com expansão mínima de 0,1 por cento sobre os três meses anteriores, destacando a dificuldade do país em imprimir uma recuperação mais consistente.

O IBC-Br incorpora estimativas para a produção nos três setores básicos da economia: serviços, indústria e agropecuária, assim como os impostos sobre os produtos.

Você pode gostar também de:

0 comentários

Obrigado por comentar, volte sempre!!!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Economia, só noticias ruins


Segundo a revista Exame, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado espécie de sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB), caiu 0,26 por cento em outubro na comparação com setembro, num resultado inesperado, de acordo com dados dessazonalizados, informou o BC nesta segunda-feira.

Em setembro, o indicador havia subido 0,26 por cento sobre o mês anterior.

Analistas consultados pela Reuters esperavam alta mensal de 0,20 por cento em outubro, de acordo com a mediana das projeções, sendo que a mais baixa delas apontava para variação zero no período.

A atividade econômica brasileira saiu da recessão técnica no terceiro trimestre, porém com expansão mínima de 0,1 por cento sobre os três meses anteriores, destacando a dificuldade do país em imprimir uma recuperação mais consistente.

O IBC-Br incorpora estimativas para a produção nos três setores básicos da economia: serviços, indústria e agropecuária, assim como os impostos sobre os produtos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar, volte sempre!!!

Flickr Images

Uêba - Os Melhores Links