quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

O que motiva você (ou motivará) em 2015

Motivação é a energia concentrada e direcionada para o alcance de suas metas. Por isso, sempre se renove com inspirações para manter as boas energias e o foco na concretização de seus anseios. Mesmo ao ler uma simples frase, você estimula seu pensamento positivo e se impulsiona a seguir em frente!

Então o que esperar deste novo ano? Sabemos que a nossa economia terá dias difíceis em 2015, com um "aperto" das contas públicas prometido pelo novo governo que toma posse hoje. Mas será que não é nos momentos cruciais que tiramos as melhores oportunidades para boas idéias e projetos? 

Alexander Fleming, oficial médico inglês, voltou da Primeira Guerra Mundial com um sonho: pesquisar uma forma de reduzir o sofrimento dos soldados que tinham suas feridas infectadas, impondo dor e por tantas vezes um processo ainda mais acelerado em direção à morte. 

De volta ao St. Mary´s Hospital, em Londres, em 1928, dedicou se a estudar a bactéria Staphylococcus aureus, responsável pelos abscessos em feridas abertas provocadas por armas de fogo. 

Estudou tão intensamente que, um dia, exausto, resolveu se dar de presente alguns dias de férias. Saiu, deixando os recipientes de vidro do laboratório, com as culturas da bactéria, sem supervisão. Esse desleixo fez com que, ao retornar, en contrasse um dos vidros sem tampa e com a cultura exposta e contaminada com o mofo da própria atmosfera.

Estava prestes a jogar todo o material fora quando, ao olhar no interior do vidro, percebeu que onde tinha se formado bolor, não havia Staphylococcus em atividade. Concluiu que o mofo, oriundo do fungo Penicillium, agia secretando uma substância que destruía a bactéria.


Estava ali a oportunidade de criação do primeiro antibiótico da história, - a penicilina - que é para tantos cientistas uma das mais vitais descobertas da historia humana. Para eles, a medicina só se tornou ciência verdadeira a partir dos antibióticos. Antes deles, era um bom exercício para o diagnóstico das enfermidades infecciosas. Quanto ao tratamento e à cura, só a interpretação religiosa podia compreender ou ajudar.

Então o que motivou o Dr. Fleming a salvar a vida de milhões de pessoas? Uma oportunidade, que foi motivado pela sua obstinação em conseguir resultados.

Mas todos nós podemos ser os futuros Dr. Fleming? Não estou dizendo isto, somente mostrando que não podemos desistir de buscar o que procuramos, para isto temos que estar sempre motivados (e obstinados) em seguir em frente, não importando que o passado tem sido bom (ou mau).

O que motiva você (ou motivará) será a mola dos seus resultados neste novo ano! 

Depende só de você, tente e invente, sai do lugar comum e da acomodação!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar, volte sempre!!!

Autor

Sobre
Adm. de Empresas, Gaúcho, Parlamentarista e defensor do Voto Distrital Puro. , Saiba mais