A polêmica da propaganda da Boticário e outras polêmicas

A Boticário quis lançar uma propaganda para o dia dos Namorados com um mote diferente: utilizou três casais: um heterossexual e dois homo-afetivos. Pronto polêmica instalada. Como se fosse inadmissível mostrar um casal demonstrando carinho através de um abraço.

Ao contrário do que uma parte dos consumidores elegeu como uma peça "desrespeitosa à sociedade e à família", mostra que reações homofóbicas ainda são mais fortes e com maior repercussão que peças que desvalorizem o papel da mulher, como já escrevi em meu artigo Publicidades que pisaram na bola com as mulheres e recentemente uma marca de cerveja fez uma propaganda claramente ofensiva às mulheres pela sua agressividade no apelo. 

Precisou denunciar ao CONAR para retirar uma mensagem claramente associada a marcas de cerveja que depreciam as mulheres, ou seja, mulheres em biquínis minúsculos servem de incentivo ao consumo desta bebida alcoólica.

Voltemos ao caso e vejamos o que a empresa respondeu à polêmica : "O Boticário esclarece que acredita na beleza das relações, presente em toda sua comunicação. A proposta da campanha “Casais”, que estreou na TV aberta no dia 24 de maio, é abordar, com respeito e sensibilidade, a ressonância atual sobre as mais diferentes formas de amor - independentemente de idade, raça, gênero ou orientação sexual - representadas pelo prazer em presentear a pessoa amada no Dia dos Namorados. O Boticário reitera, ainda, que valoriza a tolerância e respeita a diversidade de escolhas e pontos de vista."

Comentando o caso com um publicitário, amigo do blog, tiramos duas lições que podem explicar este caso: 

1º - A Empresa estava plenamente consciente da polêmica que a peça publicitária causaria, podendo configurar como um Marketing de Guerrilha (quando acontecem fora das mídias convencionais justamente com o objetivo de surpreender o público e gerar conteúdo espontâneo nas mídias sociais.)

2º A dimensão do mercado consumidor homo-afetivo que tem um crescimento exponencial na última década.

Seja qual for a hipótese (ou nenhuma delas) a discussão sobre valores morais foram intensificados e muitas pessoas reagiram a eles. 

Enquanto for normal mulher de biquíni vendendo cerveja e um casal homo-afetivo não, teremos muitas discussões e polêmicas pela frente.










Comentários