domingo, 14 de agosto de 2016

Sete passos para vencer a crise e o desemprego

O Brasil enfrenta uma crise sem fim, com indefinições na área politica e econômica, com isto muitas empresas estão fechando e/ou diminuindo seus quadros de funcionários. Se você foi demitido, confira algumas dicas para enfrentar e superar este momento de maneira positiva:


Aceite o período de mudanças e não resista


Estamos sofrendo os efeitos das constantes transformações, cada vez mais rápidas e abrangentes. Adapte-se ao novo período percebendo a mudança como uma chance de aprendizado e novos desafios.

Aproveite para conhecer mais sobre você


Defina novos objetivos baseados naquilo que realmente gosta e lhe faz feliz. Perceba e avalie o que foi muito bom em sua última experiência e o que não deseja mais repetir. E dedique-se a entender o que faz seu coração vibrar. Paixão e dedicação geram sucesso. O resto vem em seguida.

Planeje e monte um plano


Vale fazer uma chuva de ideias, com todos os cenários possíveis (e até mesmo os que parecem impossíveis, por que não?). A partir daí, estabeleça prioridades, aquilo que é ou não viável no momento, e defina objetivos que se desdobrem em metas e ações pontuais. Quanto mais específico seu plano, mais passível de ser colocado em prática será.


Invista em sua autoestima


Ok, é complicado. Mas pense em toda a influência positiva que você já exerceu na vida de colegas, amigos e família, nas realizações bacanas em sua carreira, nas habilidades que você tem e reafirme-as para si mesma. Lembre-se que, investindo em uma autoestima, você terá coragem para redefinir novos e mais desafiadores objetivos e a energia necessária para colocá-los em prática.

Amplie seu leque de possibilidades


Escreva textos para blogs e sites de sua área, ou faça um blog mostrando o que você sabe, ofereça consultoria, palestras, faça trabalhos voluntários, participe de projetos bacanas em sua área. Enfim, encontre um meio de oferecer sua expertise para ajudar algo ou alguém. Você pode ainda não ter encontrado uma recolocação formal, mas existem diversas formas de manter-se ativa e exercitando suas habilidades. Elas são como um músculo que precisa estar em forma.

Não se compare! A ninguém


Este, definitivamente, não é um momento para comparações. Apenas não faça isso.


Aja e comunique-se de maneira positiva


Olhando pela perspectiva do aprendizado, atue e transmita sua mensagem para aqueles a quem contatar com otimismo e confiança, o que fará toda a diferença no modo como você será visto e lembrado. Lembre-se: otimismo é sempre um ótimo hábito.


Por Semadar Marques, especialista em Empatia, Liderança Colaborativa, Propósito de Vida e Inteligência Emocional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar, volte sempre!!!

Autor

Sobre
Adm. de Empresas, Gaúcho, Parlamentarista e defensor do Voto Distrital Puro. , Saiba mais