Tenha atitude e esperança para vencer em 2015

Quando escrevi sobre o que motiva (ou motivaria) as pessoas a vencer suas dificuldades em 2015, falei muito em atitudes, vencer o pessimismo e enxergar novos horizontes como desafios para crescimento pessoal e profissional. 

Porém, este janeiro pode não ser tão ensolarado como nossas expectativas projetavam no início, e muitos desanimam, vejamos então que a diferença entre aqueles que superam as expectativas e os que estão longe disso está muito atrelada à atitude baseada no conhecimento em conjunto com a esperança de conseguir melhores resultados. Àqueles que perderam a oportunidade de fazer a diferença, faltou–lhes a vontade e a atitude para aplicar o saber, que depende muito de motivação.

Existe uma diferença expressiva entre uma pessoa rica de informações e uma ignorante. Porém, existe um abismo entre os que aplicam o conhecimento e os que simplesmente possuem e não o colocam em prática. 

Vontade, esperança e motivação dos colaboradores são características fundamentais para o êxito de qualquer empreendimento.

Você já imaginou preparar a terra, plantar e cuidar de uma área de cultura e se deparar dias antes da colheita com uma praga que come e destrói todo o fruto do seu trabalho? 

Assim é a desmotivação em relação à gestão do conhecimento. Ela destrói a produção, impede que o conhecimento seja ampliado, disseminado e aplicado na empresa, neutralizando o surgimento de ideias, desperdiça clientes e negócios e arrasa qualquer empreendimento.

Para vencer e enfrentar os problemas, lembre do ultimo trecho que escrevi sobre o Pessimismo Ensolarado ".. Se você quer fazer algo diferente, inovador, criativo, lembre que você tem que se permitir a isto, sem perder a real noção dos objetivos que quer alcançar. O equilíbrio, o planejamento e a execução de seu projeto de 2015 deve-se ater a parâmetros que não sejam pessimistas demais e nem o seu contraponto otimista..."

Comentários